FANDOM


Spoileralert Atenção, esta página pode conter spoilers!

Existem diversas espécies em Eldarya. O jogo ainda não explorou todas elas, mas temos o suficiente para saber que há grande diversidade no mundo de Eldarya.

É chamado de faerie todo ser que possui uma dessas raças.

Lista de raçasEditar

BrowniesEditar

Brownie


Seres com características de animais, como Mery, Twylda e Ykhar. Eles pertencem a subespécies diferentes de Brownies.[1]


BugbearEditar

Bugbear


Muito similares a ursos, razão da origem do nome. São nômades e permanecem numa floresta enquanto ela precisar deles, sendo considerados guardiões da floresta. O Bugbear que conhecemos é Cryllis.

DaemonsEditar

Daemon

Uma das três antigas grandes raças de faeries (veja a página História de Eldarya). Símbolo do poder, os Daemons foram extintos há muito tempo. [2] Possuem dois grandes pares de asas negras, chifres e a esclera negra, característica presente também nos súcubos. Foram o único povo que conseguiu dominar um feitiço ancestral capaz de impedir a comunicação com o Oráculo, ainda que não seja de longa duração. [3]


DragõesEditar

Uma das três antigas grandes raças de faeries. Símbolo da força, os dragões foram extintos há muito tempo (Para informações detalhadas veja a página História de Eldarya).[2] Segundo Ashkore, um dragão pode sentir a presença de outro, e é absolutamente impossível esconder-se de seus semelhantes.

Elfo

ElfosEditar


Possuem orelhas pontiagudas. Ezarel possui dentes afiados, mas essa característica não se mostra evidente em Ewelein.


FaelianosEditar

Faelien


Faelianos são seres híbridos, metade faery, metade humano. Erika e Valkyon são exemplos de faelianos.

FenghuangsEditar

Fenghuang


Os Fenghuangs são criaturas similares as Fênix. Sabe-se que possuem vida longa e são o símbolo da sabedoria de Eldarya.[2] Huang Hua e Feng Zifu pertencem a essa espécie.

Para informações detalhadas veja a página História de Eldarya.

Gnomo

GnomosEditar

Habitantes de Balenvia, os gnomos são muito pequenos, como a Decana Haglaé.

GolemsEditar

Segundo Miiko, os golems são seres desprovidos de livre arbítrio, sendo utilizados apenas como instrumentos de assassinatos e vingança. Quando um golem é incumbido de uma tarefa, ele não para até cumpri-la. Possuem uma peculiar ligação com as pedras, podendo comunicar-se por meio delas. Tadh, um garoto que é salvo por Erika durante o Episódio 19, possui um pouco de sangue de golem nele.


HamadríadesEditar

Hamadríade


Hamadríades são ninfas da floresta. Elas possuem sua própria árvore e não podem se afastar da mesma, pois seu destino é compartilhado. Portanto, tudo que acontecer com a árvore irá acontecer com a Hamadríade. Suas características físicas incluem o cabelo feito de folhas e a pele que pode aparentar ser de madeira. As hamadríades conhecidas em Eldarya são Yvoni e Caméria


KappasEditar

Kappa


Os Kappas vivem na Costa de Jade de forma bem tradicional. Se assemelham muito a tartarugas. Possuem uma água no topo de sua cabeça que é vital para eles, principalmente para os filhotes, que não resistiriam a essa perda. Elliot e Mestre Kappa pertencem a essa espécie. 

Kitsune

KitsunesEditar

Kitsunes são criaturas muito similares fisicamente aos humanos, exceto pelas orelhas e caudas de raposa. No universo de Eldarya, cada Kitsune possui um número de caudas que é proporcional a sua quantidade de poder. Uma kitsune com 4 caudas, por exemplo, é muito poderosa, mas não o bastante para um membro da família real. [4] Miiko é, obviamente, representante desta classe.

Lobisomem

LobisomensEditar

Pouco se sabe sobre eles. Chrome pertence a essa raça.

LorialetsEditar

Lorialets são os filhos da lua. Leiftan diz pertencer a essa raça.

Myconide

MyconidesEditar

Habitantes de uma caverna em Balenvia, os Myconides se assemelham muito a cogumelos (fungos), razão do nome da raça. Desde o Grande Exílio, permanecem escondidos numa Caverna em Balenvia, ajudando os moradores oferecendo-lhes pedras e musgos. São venenosos, podendo utilizar seu veneno para apagar memórias e fazer adormecer, mas não têm controle sobre isso e podem tornar seu veneno letal para os demais habitantes.[5] Léodille, Maskimilien, Patriarca Ethel e Milo & Cia pertencem a essa espécie.

NinfasEditar

Segundo Valkyon, é possível encontrá-las às vezes, mas elas não aparecem muito desde que o Cristal se partiu. [1] De acordo com a mitologia grega, são subdividas em vários grupos, como as Hamadríades vistas nos episódios posteriores.

Ogro

OgrosEditar

Se forem todos como Jamon, são criaturas grandes e dotados de muita força bruta.

Purreko

PurrekosEditar

Os Purrekos são seres bastante semelhantes a gatos. Possuem uma facção própria, chamada "Fraternidade dos Purrekos". A Fraternidade, porém, tem uma aliança com a Guarda desde os tempos imateriais por serem um grupo extremamente influente e poderoso. No episódio 14, é visto que a Guarda teme muito ficar em maus termos com os Purrekos, mandando dois guardas para proteger os mascotes de Purreru enquanto os outros membros ou se encontravam protegidos dentro de uma sala selada, ou procuravam por pessoas para enviar à mesma. Possuem participação ativa no mercado de Eel, sendo seus representantes: Purreru (loja de mascotes), Purriry (loja de roupas), Purroy (boticário do alquimista), Purral (o vendedor ambulante) e Purroko (gato que pode mudar o destino, sendo responsável pelo replay dos episódios).

QuimerasEditar

Não vêm ao mundo sozinhas, pois todas possuem uma alma gêmea, "uma pessoa prometida pelos deuses",
Quimera
segundo Yêu. [6] As tatuagens que cobrem seus corpos determinam quem é a alma gêmea da quimera. Algumas podem nascer sem as tatuagens, significando uma busca mais difícil pela sua alma gêmea, uma vez que ela não faz parte do povo deles. A alma gêmea pode ser de qualquer sexo e há, inclusive, quimeras com mais de uma alma gêmea. Quando morrem, só encontram paz se puderem se reencontrar com seu(s) companheiro(s).



Sátiro

SátirosEditar

Sátiros são criaturas mitológicas metade homem e metade bode, como Karuto.



SereiasEditar

Sereia

Possuem cauda de sereia feitas basicamente por músculos, e portanto muito pesadas, e orelhas próprias. Alajéa possui manchas no rosto e nas pernas que lembram escamas, enquanto sua irmã Colaïa na sua forma humana apenas permite ver que é uma sereia pelas orelhas características. Já Enthraa possui barbatanas nos braços.  Alajéa e Enthraa pertencem a dois subgrupos de sereias diferentes: a primeira é considerada uma Sereia de Superfície, enquanto Enthraa é uma Sereia das Profundezas. Existe também as sereias consideradas malvadas, chamadas Margygr. [7] Durante o episódio 6, Alajéa fica surpresa com a possibilidade de uma sereia ter filhos com humanos por conta da cauda, dando indícios de que a reprodução das sereias seja diferente das criaturas com pernas. Uma de suas habilidades é não precisar se alimentar tão frequentemente. [8] Além disso, as sereias das Profundezas possuem uma habilidade chamada Feitiço, que é uma espécie de manipulação mental. [7]

Akiresombra

SúcubosEditar

Súcubos possuem aparência demoníaca, tais como chifres, asas, orelhas pontudas, uma cauda e a esclera negra. Podem fazer com que homens fiquem enfeitiçados a ponto de fazê-los pensar que estão perdidamente apaixonados pela criatura. Apenas mulheres pertencem a essa raça. Até então, só foi apresentada no jogo uma única súcubo chamada Akire durante o evento do Dia dos Namorados 2018, e por conta da situação mostrada, aparentemente não são seres bem-vindos no Quartel General.
Unicórnio

UnicórniosEditar

Assim como Keroshane, possuem um chifre e uma cauda. Seu chifre possui poderes, brilhando quando usado, sendo uma de suas habilidades a telecinese.

Vampiro

VampirosEditar

Apesar das várias teorias, a mitologia utilizada em Eldarya para tratar dos vampiros não fica clara. Os representantes conhecidos dessa raça são Nevra e Karenn. Sabe-se que eles não são imortais.  

Referências Editar

NavboxEditar

Universo de Eldarya e Mecanismos do Jogo